Gol 1000 de Pelé faz 50 anos

Artigo Especial

Maior atleta do século XX, Edson Arantes do Nascimento – conhecido em todo o mundo como Pelé – comemorou os 50 anos de seu milésimo gol e falou à imprensa internacional sobre sua saúde, os craques Neymar, Cristiano Ronaldo e Messi.

Com 79 anos recém completados, Pelé, que vive na cidade de Santos, é pouco visto nas ruas, eventos ou arquibancadas da Vila Belmiro. Infelizmente, alguns problemas de saúde têm roubado a mobilidade e a qualidade de vida do tricampeão mundial pela seleção brasileira de futebol masculino.

“É como se Deus estivesse me pedindo a conta” revelou o rei do futebol, em entrevista ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport. Pelé disse que gostaria muito de ter atuado com Lionel Messi, elogiou o português Cristiano Ronaldo e ainda espera ver melhores dias para o futebol de Neymar, oriundo da Vila Belmiro, como ele.

Não quis, como quase sempre, opinar sobre quem seria o melhor entre eles, apenas salientou que Neymar ainda continua atrás dos outros dois. Fez questão de afirmar que o melhor zagueiro que enfrentou foi o italiano e depois lendário técnico Giovanni Trapattoni, implacável, mas correto, “Não era como os ingleses e argentinos”, sentenciou.

Os 50 anos do milésimo gol – no Maracanã, contra o Vasco, de pênalti – são comemorados hoje, dia 19 de novembro. Pelé marcou o de número 999 na cidade de João Pessoa (PB), e assistiu a fanática torcida do Bahia vaiar o próprio time ao ver o zagueiro Nildo impedir que a bola entrasse no gol, em uma partida logo depois.


Mas o gol mais famoso da história do futebol aconteceu naquele que costumava ser o maior estádio de futebol do mundo – o Maracanã. E de pênalti, pra todo mundo ver e comemorar. O goleiro Andrada foi buscar a bola dentro do gol do Maraca enquanto Pelé chorava e dedicava aquele momento mágico a todas as crianças do Brasil.

“Dias antes, em Santos, vi uns garotos tentando roubar uns carros. Eu falei: ‘O que vocês estão fazendo aí, moleques?’. Eles ainda tentaram se justificar, dizendo que estavam mexendo só com veículos de São Paulo. Eu disse que não podiam roubar ninguém, caramba. Os garotos nem ficaram com medo. Pode um negócio desse? Por isso veio a mensagem do gol 1000”, disse o rei em entrevista à revista Veja.

O mais curioso de tudo, no entanto, foi a revelação do ex-jogador que contextualiza o acontecimento com os dias atuais. Pelé disse que “Se tivesse VAR, não sei se seria pênalti”, o que pode vir a surpreender muita gente. Muitos momentos míticos do futebol mundial poderiam ter um desfecho completamente diferente, hoje em dia, por causa deste artifício.

O Rei carrega a bola após marcar o milésimo gol.

 

O Santos, apesar de não ser o clube com os maiores recursos financeiros do Brasil, costuma sempre revelar grandes craques, o que já fez o Rei afirmar que um raio seria capaz de cair no mesmo lugar várias vezes. Pelé, Robinho, Neymar e, recentemente, Rodrygo, todos meninos da Vila, tiveram (ou terão) carreiras brilhantes.

Rodrygo e Neymar, mais recentes revelações do Santos.

 

É uma verdadeira fábrica de craques, como se o Santos ganhasse na loteria e tirasse o prêmio acumulado em diversas oportunidades. E o time da Vila continua a acertar, seja com a prata da casa, seja com a presença de estrangeiros, na equipe ou no comando dela.

O Rei elogiou bastante a atuação do técnico Sampaoli. “Eu acho que ele é um excelente técnico. Eu sempre fui a favor. Por que no nosso tempo não tinha essa mudança de técnico nem de jogadores com essa velocidade que tem hoje, né? (…) É importante que ele fique mais tempo”, finalizou.

 

Leia mais sobre a carreira do Rei clicando aqui!

 

Licença Creative Commons
O trabalho Imortais do Futebol – textos do blog de Imortais do Futebol foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial – SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em imortaisdofutebol.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *