A histórica campanha do Flamengo no ano de 2019

 

Artigo Especial

 

O Campeonato Brasileiro de 2019 não deu espaço para qualquer zebra, seja em relação à parte de baixo da tabela ou, principalmente, ao título do Flamengo. As análises feitas no final da temporada mostram que as apostas esportivas foram certeiras com essa histórica equipe rubro-negra, que dominou quase todos os aspectos da competição, com os principais destaques individuais também sendo do elenco de Jorge Jesus. As análises mostram também como o desempenho de Gabigol e Bruno Henrique foram determinantes durante o ano.

Apesar do início de altos e baixos, o Flamengo não demorou muito para assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. Isso ocorreu na 16ª rodada, logo após vitória sobre o Ceará. A equipe já era bem cotada para assumir a primeira colocação e o resultado foi determinante para isso. Porém, o jogo que mais chamou a atenção das apostas esportivas foi o do dia 1º de setembro, quando o Fla atropelou o Palmeiras por 3 a 0 e disparou. As cotações eram favoráveis para o clube carioca, mas ninguém esperava um placar tão elástico.

Foto: Perfil Oficial do Flamengo no Facebook.

 

Entre os principais rivais que estavam na disputa, apenas o Grêmio mostrou algum potencial contra o Flamengo. No entanto, a equipe de Renato Gaúcho acabou se transformando na vítima favorita de Jorge Jesus e companhia. Na Copa Libertadores, por exemplo, os dois times se enfrentaram nas semifinais e o jogo agitou as apostas online, porém, o resultado acabou sendo uma goleada para ficar na história. Semanas depois, pelo Brasileirão, o Fla voltou a vencer o adversário, entretanto com um placar mais simples.

Outro jogo-chave foi a goleada do Flamengo contra o Corinthians, um resultado que causou a demissão de Fábio Carille da equipe paulista. A vitória por 4 a 1 foi determinante para o rubro-negro abrir vantagem contra Santos e Palmeiras na luta pelo título nacional. A análise do blog de palpites de futebol da Betfair mostra que essa distância para os adversários, que terminou em 16 pontos, foi mais do que merecida. O Fla teve uma média de +1.19 para expectativa em saldo de gols, enquanto nenhuma das outras equipes do G8 conseguiu ficar com esse mesmo índice acima de um, apenas como efeito de comparação.

 

Os craques

Gabriel e Bruno Henrique: dupla deu um trabalho danado à zaga gremista na Arena. Foto: REUTERS/Sergio Moraes.

 

Entre os destaques individuais, é impossível não mencionar a histórica atuação dos dois artilheiros do Flamengo no Campeonato Brasileiro. Gabigol foi o jogador mais efetivo dentro de campo, e isso é comprovado com a artilharia tanto no torneio nacional como na Copa Libertadores. O camisa 9 terminou o Brasileirão com 25 gols e uma média de expectativa de gols em 24.51, um número do qual quase nenhum jogador chegou perto.

Gabigol e a taça da Libertadores. Foto: Alexandre Vidal.

 

Na verdade, apenas o próprio companheiro de ataque de Gabigol quase chegou lá. Bruno Henrique terminou o torneio com 21 gols e ficou com a vice-artilharia. Porém, como foi noticiado pelo Globoesporte.com, ele foi premiado como melhor jogador da competição. Nas apostas, o atacante ficou com uma expectativa de gol, em média, de 21.06. Um pouco mais e ele alcançava o artilheiro da maior torcida do Brasil.

Assim, o ano de 2019 termina sem muitas surpresas e mostrando que investimento alto pode sim resultar em títulos. O Flamengo dominou o favoritismo da competição, pois tinha o melhor elenco e o efeito final foram as conquistas tanto do Campeonato Brasileiro quanto da Copa Libertadores. Vale ficar atento para 2020, ano em que os times nacionais certamente buscarão formas de competir com a equipe carioca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *