Conheça duas das maiores partidas de futebol já presenciadas!

Artigo Especial

Escolher os melhores jogos de futebol de todos os tempos é tão complicado quanto selecionar as pedras mais bonitas das joias da Coroa da Inglaterra. De fato, esse exercício faz fronteira com a estética, que é, por definição, essencialmente subjetiva. No entanto, com alguns critérios específicos em mente, é possível chegar a algumas das partidas mais brilhantes que já aconteceram na história do futebol.

 

Manchester United 2×1 Bayern München – Final da Liga dos Campeões da UEFA de 1998-1999

Ambas as equipes entraram em Barcelona com fogo nos olhos. No início do jogo, o Bayern começou ganhando com uma cobrança de falta do temperamental, mas brilhante, Mario Basler. Sem Paul Scholes e Roy Keane, ambos suspensos, os Red Devils simplesmente não conseguiam encontrar o ritmo. Eles evitaram o nocaute duas vezes quando Mehmet Scholl viu seu arremesso acertar na trave direita e Carsten Jancker, com a mesma má sorte, acertou a trave com um poderoso chute no alto.

Manchester United celebrando vitória na Liga dos Campeões de 1999 contra Bayern München. (FONTE: Manchester Evening News).

 

Foi quando Sir Alex Ferguson colocou dois truques nas mangas, substituindo Teddy Sheringham e Ole Solskjaer. O que se seguiu foi o movimento mais perfeito já orquestrado no futebol. Um Manchester United maltratado, intimidado, ultrapassado e dominado roubou as esperanças do título para o Bayern e seu comandante, o lendário Lothar Matthäus, com dois gols tardios nos acréscimos, deixando o banco alemão e os torcedores atordoados, incrédulos, tentando perceber o que os atingiu. Leia mais clicando aqui!

 

Brasil 3×3 Itália – Torneio da França de 1997

Uma imagem vale mais que mil palavras: Maldini, Ronaldo e Cannavaro. Colossos do futebol mundial em um só lance. Que nostalgia…

 

A partida de futebol mais espetacular que muitos torcedores já viram até os dias atuais. Nesse jogo, não havia nada amigável. Se os jogos de cassinos não estivessem ganhando dinheiro demais na década de 1990, com certeza este foi o estopim para movimentar cifras altas. O motivo por trás de tudo isso? O torneio em si, apresentando Brasil, Itália, Inglaterra e França, foi concebido como um prestigiado ensaio um ano antes do início da Copa do Mundo de 1998. Acabou sendo tão atraente e competitivo quanto qualquer torneio internacional.

Este jogo foi um dos mais emocionantes, já que a Itália disparou logo no início do jogo, pegando de surpresa a seleção brasileira que ostentava a melhor e mais letal dupla ofensiva do futebol moderno, com os atacantes Ronaldo e Romário. Por outro lado, o brilhante conjunto de Del Piero e Vieri deu um bom trabalho à seleção brasileira. 

O Brasil apenas recuperou o jogo graças ao chute de Roberto Carlos (desviado por Lombardo). Um jovem e esquivo Pippo Inzaghi, que substituiu Vieri no segundo tempo, venceu um pênalti que Del Piero converteu friamente o placar. Até aquele momento, 3-1 para a Itália. Porém, para a alegria dos brasileiros, o Brasil voltou com tudo para igualar o placar com dois gols do famoso par de virtuosos ‘Ro-Ro’. Inesquecível! E que será relembrado em breve, com muitos mais detalhes, aqui no Imortais!

 

Veja abaixo os gols:

 

Leia mais sobre grandes jogos da história na seção Jogos Eternos aqui no Imortais!

 

Licença Creative Commons
O trabalho Imortais do Futebol – textos do blog de Imortais do Futebol foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial – SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em imortaisdofutebol.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido. Precisa de algo? Entre em contato com o autor.