Qual será o futuro do Flamengo com Rogério Ceni?

Foto: Alexandre Vidal / Divulgação Flamengo.

 

Com a maior oportunidade da carreira até o momento, ex-goleiro tem início complicado no comando rubro-negro

 

As eras do português Jorge Jesus e do catalão Domènec Torrent já são passado no comando técnico do Flamengo. A bola da vez, então, passou a ser o ex-goleiro artilheiro Rogério Ceni, que chegou para dar uma nova cara ao time rubro-negro. A KTO Fan vai fazer um balanço sobre o desempenho do treinador nestas primeiras partidas, para poder ajudá-lo a prospectar ainda mais sobre o futuro flamenguista dentro do Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores da América.

 

Primeiras impressões

A estreia do novo comandante ocorreu na Copa do Brasil, frente ao São Paulo, clube que Rogério Ceni defendeu por mais de duas décadas. Porém, antes de falar sobre o confronto que marcou sua estreia, vamos voltar ao retrospecto recente do técnico frente ao tricolor paulista e como se deu a contratação por parte do Flamengo.

Rogério já havia encontrado o Tricolor Paulista na fase anterior da Copa do Brasil, quando foi eliminado nos pênaltis, ainda no comando do Fortaleza. Ceni, então, passou a ser sondado pelos dirigentes flamenguistas para assumir o projeto de converter os investimentos de 2020 em títulos. Ídolo no Fortaleza após grandes conquistas no Tricolor do Pici, Rogério Ceni até tentou se manter à frente do Leão, mas a proposta do Flamengo se tornou irrecusável por conta das oportunidades, e, claro, da proposta salarial oferecida ao treinador – mais de 700 mil reais mensais.

Após ser apresentado no Flamengo, Rogério não teve muito tempo para conhecer o elenco e trabalhar questões técnicas. Mesmo assim, já esteve no banco de reservas para comandar as ações contra o São Paulo novamente, no Maracanã, no duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O resultado não foi nada animador, já que o Fla perdeu pelo placar de 2 a 1, após falha individual do goleiro Hugo Souza, que deu de presente uma bola para o atacante tricolor Brenner anotar o segundo gol dos paulistas nos minutos finais da partida.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo.

 

Porém, nem tudo foi ruim na estreia, já que o time flamenguista conseguiu maior volume de jogo que os paulistas e acabou tendo o domínio nas ações ofensivas. Algo muito semelhante ocorreu na segunda partida, pelo Brasileirão. Jogando no Maracanã, era a chance de Rogério conseguir conquistar seu primeiro resultado positivo, mas o Atlético Goianiense não estava disposto a vender barato o resultado.

O Flamengo saiu na frente com um gol de Bruno Henrique, ainda no primeiro tempo. Só que, com 9 minutos da segunda etapa, veio mais um banho de água fria, com o gol de empate do Atlético Goianiense, marcado por Zé Roberto.

Nesse segundo jogo, mais uma vez foi o Flamengo que ditou o ritmo do jogo, com mais posse de bola e com mais finalizações em gol. Inclusive o atacante revelado pela base, Lincoln, poderia ter mudado a história do jogo, mas, no finalzinho, perdeu uma chance inacreditável e o rubro-negro teve que se contentar com o empate.

 

Pontos positivos da vinda de Rogério Ceni

O treinador vem se consolidando no cenário esportivo brasileiro justamente pelo espírito de liderança semelhante aos seus tempos de jogador. Tudo isso o condicionou a migrar para a carreira de técnico com certa facilidade. Seu estilo disciplinador e bastante dedicado o fizeram também buscar conhecimento em intercâmbios com treinadores de prestígio como Pep Guardiola e Jürgen Klopp.

Ceni teve alguns altos e baixos, principalmente ao aceitar a proposta do São Paulo, em 2017, para tentar livrar o time do rebaixamento. Depois de não conseguir dar sequência, veio o Fortaleza, que mesmo com um orçamento modesto, mostrou um ótimo projeto, que fez com que Ceni conquistasse títulos inéditos frente ao Leão do Pici.

 

Pontos negativos da chegada do treinador

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo.

 

Os pontos negativos não são nem tanto do técnico propriamente dito, mas a questão da troca de comando feita no decorrer dos campeonatos. Talvez o melhor dos cenários para a chegada de Rogério Ceni fosse ao término da temporada 2020, para que houvesse tempo de iniciar um novo projeto e ter um tempo de adaptação mais tranquilo. Porém, sabemos que no Brasil os resultados imediatos são bastante cobrados.

Por isso que, justamente estes dois resultados não esperados, acabam por gerar uma pressão maior logo no início do trabalho. Ceni viveu isso na pele ao aceitar a proposta do Cruzeiro em 2019. Este último fato pode nos trazer mais um questionamento, que é justamente como será a postura de Rogério e dos jogadores ao passar por uma fase mais difícil. Ainda mencionando o Cruzeiro, sabemos que muitas questões envolvendo a relação do técnico com os jogadores acabou deixando o clima mais pesado e, assim, facilitou ainda mais a saída do treinador de um time em profunda crise que viria a ser rebaixado.

Porém, apesar das ressalvas feitas, podemos ver que Rogério Ceni já acumulou muito mais conquistas do que resultados ruins. Resta acompanhar todos os detalhes de perto e ver se Ceni conseguirá implantar sua filosofia no elenco mais estrelado do Brasil.

 

O que pode acontecer?

 

Nesta semana, mais precisamente nesta quarta-feira (18), Rogério terá a oportunidade de reverter o placar frente ao São Paulo na partida de volta da Copa do Brasil, em sua fase de quartas de final. O palco será o estádio do Morumbi, antigo conhecido do técnico do Fla.

No caso de uma vitória simples, a partida irá para os pênaltis, por isso, o Flamengo necessita de uma vitória por 2 gols frente ao São Paulo, o que não ocorre desde 2003, quando Rogério ainda defendia as cores do Tricolor Paulista e o técnico Fernando Diniz, do São Paulo, era o camisa 9 do Flamengo. Naquele dia, o Fla venceu o tricolor no Morumbi por 3 a 1.

Última vitória do Flamengo fora de casa sobre o São Paulo por dois gols de diferença foi há 17 anos. E Fernando Diniz era jogador do Fla…

 

Portanto, a quebra de tabu e uma classificação poderão ser extremamente positivas para Rogério seguir firme o trabalho que começou recentemente. E, mesmo que não consiga conquistar o objetivo principal da classificação, o treinador continuará no comando para a sequência no Brasileirão e na Copa Libertadores.

Apesar da pressão sofrida logo de cara, é bastante provável que Ceni dê sequência aos pontos positivos dos trabalhos de Jorge Jesus e Domènec Torrent. Bastará então aos torcedores como será a “Era Rogério”, para que possamos chegar a mais avaliações.

Acompanhe sempre o Flamengo e os demais times do campeonato para ter sempre o melhor conteúdo, principalmente se você gosta de apostar. A KTO apostas online é o canal para se divertir e lucrar com o esporte mais amado do Brasil, juntamente com os torneios mais emocionantes.

 

Licença Creative Commons
O trabalho Imortais do Futebol – textos do blog de Imortais do Futebol foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial – SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em imortaisdofutebol.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido. Precisa de algo? Entre em contato com o autor.