5 lendários futebolistas do Bayern München

 

Atual campeão do Mundo e da Liga dos Campeões da UEFA, o Bayern é um dos maiores clubes do planeta e com um notável histórico no Velho Continente. Grandes figuras do futebol mundial passaram pelos Bávaros e marcaram uma geração dourada no livro de estrelas da equipe. O clube alemão tornou-se, principalmente a partir da década de 1970, um dos mais poderosos do continente e capaz de intimidar o mais temido dos adversários. Os alemães sempre foram persistentes na busca da vitória e têm grande potencial para derrotar qualquer rival.

Em sua coleção de títulos destacam-se no âmbito nacional os 30 títulos do Campeonato Alemão, as 20 Copas da Alemanha e as 9 Supercopas da Alemanha, além de 6 Copas da Liga. Já no âmbito internacional, a equipe tem 6 Ligas dos Campeões da UEFA, 1 Copa da UEFA, 1 Recopa da UEFA, 4 Mundiais de Clubes e 2 Supercopas da UEFA. Vale lembrar que todos estes eventos estão disponíveis na oferta de Apostas Betway, marca inovadora com os melhores torneios de futebol.

Logicamente, para conseguir ganhar tantos campeonatos, os Bávaros tiveram que contar ao longo da história com alguns dos maiores craques da história não só da Bundesliga, mas de todo o mundo. Confira a seguir cinco futebolistas lendários do Bayern München.

 

Sepp Maier

O goleiro Sepp Maier marcou uma época inesquecível no futebol mundial, permaneceu ativo no clube teutônico de 1962 até 1980, convertendo-se no jogador com mais jogos com a camiseta da equipe alemã na história – 700 jogos -, um número imbatível que até agora não tem sido superada por nenhum outro jogador. Die Katze (O Gato) é até hoje considerado o maior goleiro alemão de todos os tempos. E isso não é nenhum exagero. Com reflexos rápidos, coragem e um senso de colocação raríssimo, Maier dominava todos os fundamentos necessários para um ótimo goleiro. Com um grande senso de humor, sempre foi muito querido pelos torcedores com seu carisma e jeito de ser (mas quando precisava ser bravo, ele era!)

Em toda sua carreira dentro do conjunto alemão, contribuiu para ganhar 4 Bundesligas, 4 Copas da Alemanha, 3 Ligas dos Campeões e 1 Mundial Interclubes, um dos poucos futebolistas que conquistou grande quantidade de títulos com sua seleção – uma Eurocopa (1972) e uma Copa do Mundo (1974) – e a nível de clubes, além de distinções como o melhor arqueiro do continente. Leia mais sobre ele clicando aqui!

 

Franz Beckenbauer

O Kaiser é o maior jogador alemão de todos os tempos e conquistou 14 títulos com o Bayern, e a nível individual obteve duas Bola de Ouro durante seu trajeto em Munique. Militou no quadro germânico protegendo a zaga e o meio campo durante 14 temporadas desde 1964 até seu retiro em 1977. Suas atuações brilhantes, fabulosas e seguras deram a ele o título de “Der Kaiser” (O Imperador, em alemão). O craque podia jogar plenamente na zaga, formidavelmente no meio de campo e até como lateral. Para melhorar, ainda marcava gols. Foi um dos grandes líderes do super Bayern München da década de 1970 e capitão da Alemanha nos títulos da Europa e do Mundo, também na década de 1970. Depois de pendurar as chuteiras, conseguiu se igualar ao brasileiro Zagallo e ser o segundo homem a vencer uma Copa do Mundo tanto como jogador quanto como técnico.

Um jogador emblemático e admirado no clube e no mundo, depois de concluir seu trabalho como jogador continuou com a entidade assumindo o cargo de treinador, e logo como Presidente honorário. O IFFHS colocou-o no terceiro lugar do ranking do melhor futebolista do século XX, em 2004. Em 2020, foi eleito para o time dos sonhos de todos os tempos do Ballon d’Or da revista France Football.

 

Gerd Müller

É até hoje o maior artilheiro da história do Bayern com 563 gols marcados em diferentes torneios, sendo 365 gols apenas na Bundesliga – da qual ele também é o maior artilheiro. O atacante alemão marcou seu nome também com uma Bola de Ouro (1970) e duas Chuteiras de Ouro (1970 e 1972) por sua facilidade para marcar gols e colocação plena dentro da área. Ele foi um dos mais letais e precisos goleadores da história do futebol, daqueles que dificilmente ficava um jogo sem marcar. Seus chutes eram certeiros, rasteiros, um terror para os goleiros. Seu faro apurado deixava o Bayern sempre com a certeza de que um placar de 1 a 0 era praticamente garantido antes mesmo do pontapé inicial, afinal, Gerd Müller, era um verdadeiro bombardeio. 

Com números incríveis – na carreira, registrou 724 gols em 780 jogos, uma média fenomenal de 0,92 gol por jogo -, o baixinho troncudo fez história pelos bávaros conquistando um punhado de títulos, entre eles o tricampeonato europeu na década de 1970 e um Mundial Interclubes. Gerd Müller jogou no Bayern entre 1964 e 1979 e acumulou 4 títulos de Bundesliga, 4 Copas de Alemanha, 3 Ligas dos Campeões, 1 Recopa da UEFA e 1 Mundial Interclubes. Pela seleção, venceu uma Eurocopa (1972) e uma Copa do Mundo (1974). Leia mais sobre ele clicando aqui!

 

Oliver Kahn

Com seu peculiar caráter e temperamento explosivo, o goleiro Kahn seduziu milhões de fanáticos. Começou a fazer parte das fileiras de Munique a partir de 1994, e permaneceu leal à sua equipe até sua aposentadoria, em 2008. Conseguiu, em duas décadas, levantar com os bávaros a Bundesliga em oito ocasiões, além de consagrar-se campeão em 6 Copas da Liga, 6 Copas alemãs, 1 Liga dos Campeões, um Mundial Interclubes e 1 Eurocopa pela seleção da Alemanha em 1996, além de vários títulos individuais.

Sem dúvida, ˈO Titãˈ foi um dos melhores goleiros de todos os tempos e posiciona-se como o segundo jogador com mais jogos na história do Bayern com 632 jogos e o goleiro com mais encontros na Bundesliga – 557 jogos. Leia mais sobre ele clicando aqui!

 

Philipp Lahm

Capaz de atuar em ambas as laterais e também como volante, capitão do Bayern campeão do Treble de 2012-2013 e da Alemanha campeã do mundo em 2014, Philipp Lahm foi outra referência germânica nos anos 2000 e exemplo de profissional. O craque jamais foi expulso na carreira e demonstrou uma regularidade impressionante em seu período como jogador. Marcava muito bem, avançava constantemente ao ataque e tinha um chute cheio de efeito de fora da área. Cria do Bayern, jogou no clube de 2002 até 2017 e acumulou mais de 330 jogos pelos Bávaros. Pela seleção, foram 113 jogos e cinco gols – Lahm é o 5º que mais vestiu o manto da Nationalelf. O defensor disputou as Copas de 2006, 2010 e 2014, essas duas últimas como capitão. Lahm faturou 21 títulos pelo Bayern, entre eles uma Liga dos Campeões, um Mundial de Clubes da FIFA, 8 Bundesligas e 6 Copas da Alemanha. 

Leia muito mais sobre o Bayern clicando aqui!

5 thoughts on “5 lendários futebolistas do Bayern München

  1. Uma bela homenagem a esses jogadores lendários de um clube lendário. Como o texto cita apenas jogadores aposentados, acredito que daqui a alguns anos, será válido uma parte 2 com jogadores como Manuel Neuier, Robert Lewandowski e Thomas Muller.

  2. Esses cinco caras são gigantes! Verdadeiros imortais da bola! Não é à toa que o Bayern consegue pintar a Alemanha, a Europa e o mundo de vermelho e branco! A temporada 2019-2020 foi um grande exemplo!

    Imortais, pelo que eu me lembre, Maier, Beckenbauer, Müller e Kahm já estão na seção dos craques imortais! E acho que o Philipp Lahm está merecendo entrar lá também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido. Precisa de algo? Entre em contato com o autor.